A Loja Branca

A LOJA BRANCA

A Loja Branca é uma Irmandade de Seres Libertos – Arcanjos Mestres e Elohim – , e de Seres que prescindem de forma corpórea e, até mesmo, de qualquer classificação, pois são constituídos de pura energia; são Inteligências Divinas, cuja magnitude é simplesmente indescritível.
Em instância suprema, a Loja Branca é dirigida por um Governo Central Celeste, que preside a evolução do cosmos em cada eternidade. Subordinadas a este governo, vêm setenta Fraternidades de Luz, que interagem e fazem cumprir espiritualmente o Plano de Evolução Universal emanado pelo Governo; nessa ação conjunta, normalmente se adota a triangulação, ou seja, há sempre três Fraternidades de Luz trabalhando em conjunto, apoiando-se mutuamente.
No aspecto administrativo, também diretamente ligada ao Governo Central, há uma Confederação Intergaláctica, que funciona através de vários conselhos. A estes, por sua vez, estão subordinadas as Confederações de Mundos das Galáxias, a CMGs.

RESGATE – Mariza Varela

Missão Orion Editora

PORTÕES ESTELARES

 Portões Estelares, também chamados de portas interdimensionais; são verdadeiros túneis ou atalhos existentes no universo, usados para encurtar distãncias que separam as galáxias e os sistemas solares; são as entradas e saídas diretas para um determinado local do universo. De acordo com sua função, esses portões podem ser, basicamente de dois tipos: ou são reservados exclusivamente para a transmissão de imagens holográficas (permitindo a comunicação “direta” de pessoas situadas em planetas, sistemas solares e galáxias diferentes) ou então servem para transporte físico de pessoas ou naves. Neste último caso, o indivíduo ou veículo que penetrar nesse campo de energia sofre um processo de total anulação de sua coesão molecular e peso atômico – por conseguinte, é desmaterializado, que dizer, convertido em energia e, assim, lançado como um projétil em direção ao portão de saída. Na terra, o portão mais conhecido é o Triângulo das Bermudas.

RESGATE – Mariza Varela

Missão Orion Editora

O Poder dos Elohim

SANTO, SANTO, SANTO
“Uma constelação é, evidentemente, muito menor que o Poder dos Elohim: esta é, em outras palavras, muitos degraus abaixo de Sua Atividade. Um ser adiantado, conscientemente operando em algumas altas Esferas, está constantemente com os Elohim” 
Mestre Saint Germain, em Instruções do Mestre Ascensionado Saint Germain, Ponte para a liberdade, 1991)
– Também nós, os Elohim, encarregados da criação da Terra física, trabalhamos em número de sete. Somos sete Hierarquias, com um amplo séquito de colaboradores, inteiramente dedicadas ao divino ato da Criação.
– Criar. É a razão da existência dos Elohim. É a razão da nossa vida.
– Nós, Elohim, assim como os Anjos Solares, existimos para criar. Mas enquanto eles
constroem na dimensão astral, compondo a Alma do Mundo, Nós somos os Construtores físicos.
Formatamos tudo: elementos, metais, gases, pedras, corpos, estrelas, galáxias, tudo, tudo! O ato de criar é a razão de nossas vidas e, claro, nos dá muito prazer… Por isso, cantamos sempre no decorrer do nosso trabalho: São trilhões de vozes que se unem nos céus para materializar o projeto de Vida que já passou pelos  estágios metal e anímico, dando-lhe a consistência física. Ah, como esse novo trabalho nos dá prazer!… A criação da Terra foi exatamente isso: um ato de amor e de prazer!
Elohim Hércules por Mariza Varela

Feliz Ano Novo astrológico

Feliz Ano Novo astrológico 20.3.2021

       Neste sábado, dia 20/3, o sol ingressou no signo de Áries, às 6:38 h da manhã. Começamos um novo ano astrológico; a Terra iniciou um novo ciclo ao redor do sol e, efetivamente, nasceu o ano de 2021. Um ano regido por Vênus, planeta que simboliza as energias de amor, aquilo que damos valor, relacionamentos e harmonia. Vênus, em um nível mais espiritual significa também a aproximação do Divino ao humano, através do desenvolvimento da energia mental bem utilizada, erguendo os seres humanos a uma condição de percepção intuitiva e da capacidade de harmonizar e unificar os opostos (Divino/Humano-Superior/Inferior-Alma/Personalidade). Vênus inicia o novo ano no signo de Peixes, o que lhe dá um toque de amor impessoal, idealismo, serviço e altruísmo, potencializando estas características nas consciências e corações.
       O novo ano influenciando o Brasil, sugere um período de desvendar, revelar o oculto, iluminar as sombras, retirar definitivamente as máscaras e que todos os que estão em posição de liderança e poder terão desafios para se manterem nessas posições, visto que tendem a vir à tona as coisas ocultas; quem não estiver alinhado à luz e a verdade provavelmente terá dificuldade para se manter nessa posição. Existe uma tendência a quebras e rupturas de lideranças, bem como de energias impulsivas, agressivas e bélicas, infelizmente. As energias de Urano em Touro seguem afetando a economia e as estruturas e continuam pedindo a criatividade e os caminhos alternativos para conquistar algum equilíbrio financeiro. Ao mesmo tempo, mantém-se o ponto principal que é o da reflexão na nossa relação com a materialidade, o desejo e a posse. Será que muitos estão aprendendo com a pandemia a valorizar o que realmente é importante e essencial? A hora é de ressignificação da nossa relação com a matéria e o modo como nos deixamos escravizar por ela ao longo dos tempos; a vida mais simples e o minimalismo, mais do que nunca, pedem passagem. A possibilidade de o povo estar mais inquieto, desejoso de ter voz ativa e reivindicar seus direitos também é outro sinal; existe maior ímpeto, iniciativa, mas também impulsividade e instabilidade. A necessidade da coletividade se articular, se unir, trocar ideias, fazer contatos e buscar saídas parece estar mais efervescente. Existe uma pressão para mudanças, rompimento de estruturas; o velho e o novo se confrontam. Forças reacionárias se debatem diante nas novas visões e caminhos e a necessidade de sermos fortes e determinados é necessária para abrir novas frentes e superar as antigas formas. Nem tudo precisa ser jogado fora; há de se avaliar o que de bom pode ser mantido e inserido nas novas tendências. Mas é necessário que se vença tudo que represente a separatividade, o individualismo, o egoísmo e a ganância. Já sabemos que os tempos vindouros serão de fraternidade, relações humanas corretas, inclusividade e compartilhamento; portanto, tudo que ainda esteja na contramão destas forças precisa ser combatido e eliminado definitivamente. Que possamos nos unir na Luz, no Amor e no Bem, superando esse momento tão difícil para o povo e para o país, procurando colaborar para uma vibração mais elevada. As energias atuais são de dor, tristeza, medo, revolta, indignação, carência e sofrimento e precisamos suplantar esse peso que cai sobre nossos ombros. Para isso, precisamos utilizar nossos pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes de forma que neutralizem e elevem essas forças, invocando o auxílio que vem do Alto e sabendo que seremos instrumentalizados para mudar esse cenário. Que as forças mais elevadas desse novo ciclo sejam potencializadas por nossas energias pessoais e, juntos, possamos criar um ano novo mais feliz e harmonioso, em comunhão com nossos irmãos. Feliz ano novo para todos!

Muita saúde, Amor e Luz nos corações e nas consciência.

Luiz Carlos Silveira Dias Júnior 

Raio Rubi-Dourado

Invocação aos Seres do Raio Rubi-Dourado

SEXTO RAIO – RAIO RUBI-DOURADO

  • Principais virtudes: Idealismo, Paz, Amor, Serviço e Devoção.
  • Manifestações no homem evoluído: Devoção, simplicidade, amor, ternura, compaixão, reverência, lealdade, intuição, assistência aos demais, solidariedade, fraternidade, serenidade, paz, equilíbrio, boa vontade, expansão da consciência, idealismo dirigido e inclusivo.
  • Manifestações no homem involuído: Amor egoísta, ciumento e possessivo, confiança exagerada nos demais, parcialidade, auto-ilusão, sectarismo, superstição, preconceito, fanatismo, rancor, ressentimento, idealismo ilusório e confuso, visão curta (cegueira interna), capacidade de acentuar o pessoal, tendência para criar dificuldades aos outros, manipulação emocional, egoísmo.
  • Mestra: Nada
  • Arcanjos: Uriel e Donna Graça
  • Elohim: Tranquilitas e Pacífica
  • Símbolo: Rosa Rubi
  • Regência do dia da semana: sexta-feira
  • Incenso: alfazema, mirra, sândalo.

Eu Sou Eternamente Livre

Curso dos Mestres Ascensionados

CURSO DOS MESTRES ASCENSIONADOS
INSCRIÇÃO NO DIA 24/07
Turma: 2º Semestre 2019
*Por favor leiam todas as informações

Inscrição no dia 24 de Julho nos horários das 11:00 h às 19 h.
Local: Divina Presença – Rua Jerônimo Coelho, 284 Centro Histórico, Porto Alegre RS
Próximo ao Hotel Embaixador

Horários disponíveis:
Turma da tarde: 2ª feira das 14:30 h às 17:15 h (inicia dia 05/08) com Luiz Dias Jr.
Turma da noite: 4a feira das 19:00 h às 21:45 h (inicia dia 07/08) com Luiz Dias Jr
Turma da manhã: 5a feira das 10 h às 12 h (inicia dia 08/08) com Terezinha Steffen
*não temos outras turmas

Carga horária: 16 aulas (1 aula por semana)
Custo: 4 mensalidades de R$35,00 (custo administrativo – água, papel higiênico, ar condicionado etc) e 1 kg de alimento por aula, destinados as entidades carentes e grupos de apoio aos animais abandonados.
Ministrantes: Luiz Carlos Silveira Dias Júnior (autor do livro EU SOU ETERNAMENTE LIVRE) e Terezinha Steffen.

Informações adicionais
. No ato da matrícula será cobrado o valor da primeira mensalidade (R$35,00);
. Só temos essas turmas disponíveis. Não existem outros dias ou horários disponíveis.
. O total de vagas por turma é de 65 pessoas;
. É permitido fazer a inscrição para outras pessoas;
. Não fazemos inscrições antecipadas, por telefone, por e-mail ou pelo Facebook;
. O curso é presencial e acontece somente em Porto Alegre;
. O curso é oferecido 2 vezes por ano. Próximas turmas somente em Março de 2020;
. É permitido gravar e copiar as aulas.
. Quem quiser antecipar todos os alimentos para as 16 aulas pode contribuir com: arroz, feijão, achocolatado, café, leite cx, óleo, macarrão e ração para gatos para cada módulo. São 2 vezes essa quantidade.
. O material didático do curso é o livro EU SOU ETERNAMENTE LIVRE, escrito pelo ministrante do curso.
. Não é um curso de formação terapêutica e não fornecemos diplomas ou certificados.
Qualquer outra informação que não esteja descrita aqui, ligue para 51 3377 9133 no horário indicado acima.

A ESPIRITUALIDADE VERDADEIRA

A ESPIRITUALIDADE VERDADEIRA (na minha opinião, é claro)
Postado por Luiz Carlos Silveira Dias Júnior em 21 dezembro 2009 às 10:14

.Olá a todos que estão lendo esse texto,
Gostaria de expressar a minha opinião sobre a busca da verdadeira espiritualidade. Acho muito importante a leitura, os cursos, as informações sobre os diversos temas relacionados e tudo mais. Mas acho mais importante ainda, sem sombra de dúvida, a prática diária dos ensinamentos. E quando me refiro à prática, não estou falando de cerimoniais, invocações, meditação, orações ou algo do gênero e sim do dia-a-dia. Pra mim, o verdadeiro homem espiritualizado é aquele que é honesto consigo mesmo e com os outros, que não usa máscaras, nem disfarces e que se mostra como realmente é, que tenta compreender e amar seus semelhantes, tentando passar por cima das antipatias e competitividades inerentes à personalidade humana, principalmente quando participam de um mesmo grupo espiritual. Pra mim, a prática é discurso e ação coerentes, é verdade no olho, é amorosidade nos gestos, independente de quem seja, não importa se é mais próximo ou menos próximo. É olhar pra si mesmo e tentar enxergar seus próprios defeitos e falhas e estar aberto às críticas sem defesas e melindres, coisa muito rara, pois as pessoas em geral, estão sempre armadas e quando estão ainda muito identificadas com ego, estão no poder e não aceitam o que o outro tem a dizer. Estas são somente algumas das coisas que eu considero sinônimos de uma verdadeira espiritualidade e que se pode somente observar no dia-a-dia e no convívio mais próximo com as pessoas. Portanto, eu sinto dizer que homens espiritualizados de verdade, na minha opinião, são muito poucos. Acho que falta muito ainda para aprender e que todos deveriam fazer uma análise muito profunda de si mesmos e de seus comportamentos mais banais e, principalmente, seu relacionamento com as outras pessoas, tentando se conhecer um pouco mais e se propondo a uma verdadeira mudança interna. A luta contra o eu inferior é diária e constante e só assim é que conseguimos domá-lo e abrir espaço para o verdadeiro “Eu” assumir o controle. Gostaria de sugerir a todos que refletissem sobre essa questão e que isso possa gerar um real questionamento interno sobre o caminho que cada um tem que percorrer, para se tornar uma pessoa verdadeiramente espiritualizada. A espiritualidade não é mental e ler e saber, nem sempre significam aplicar o conhecimento na vida. Existe um abismo que deve ser transposto entre conhecimento e Sabedoria. Boa reflexão a todos!

Av. Protásio Alves, 266 CEP 90410.004 – Porto Alegre RS
www.divinapresenca.com.br
fone: +51 3388 9133 ou 3377 9133
E-Mail: divinapresenca@gmail.com

 A DIVINA PRESENÇA “EU SOU”

por Terezinha Arruda Steffen

                     O Bem-Amado Mestre Saint Germain em seu Livro de Ouro (Ed.Ponte para a Liberdade) ensina que “a Vida, manifestada em todas as suas atividades, é Deus em ação e é unicamente pela falta de conhecimento na forma de ajustar o pensamento e o sentimento que a humanidade está constantemente interrompendo a pura fluência dessa Perfeita Essência de Vida que, não fosse isso, expressaria naturalmente Sua Perfeição em toda parte.”
                                Desde o nosso nascimento (e até durante a gestação) fomos instruídos a acreditar que dependíamos de um poder exterior e que algo ou alguém teria de nos guiar para que nos tornássemos pessoas de bem e com grandes probabilidades de alcançar o sucesso.   Não lembro de ter ouvido falar que o pensamento e o sentimento são poderes criadores de realidade, que o livre-arbítrio nos permite escolher o caminho que queremos seguir e que somos uma Luz dentro da Luz Maior.     É bem provável que a minha geração (saldo algumas excessões) só “despertou” para a própria Luz próxima à maturidade e, ao perceber que poderia ter sido diferente, sente uma infinita alegria pela oportunidade de olhar para dentro de si e perceber todo o potencial que carrega – em todas as suas encarnações.
                                 O Mestre ensina que a Vida é Deus em Ação porque essa Infinita Energia está contida em tudo e em todos.  Fomos concebidos com um corpo etérico – a sede de nossas recordações e onde são armazenadas TODAS as nossas experiências;  um corpo mental capaz de criar ou conceber idéias, conceitos e imagens.  Um corpo emocional que sente e anima as imagens criadas, sustentando essa energia pelo tempo que seu criador desejar.  Um corpo físico que deveria expressar a Perfeição, o que de mais belo, puro e perfeito Deus criou.    A Energia Divina flui, de forma ininterrupta, em toda a criação.   É a Vida que permite a existência e a permanência de todos os seres e suas criações.  Esse fluxo de Energia Divina só é interrompido quando nossos pensamentos e sentimentos são “desviados” do Propósito Divino e passam a criar – e alimentar – idéias e sentimentos de desarmonia,  
                                   A pior de todas as formas de usar a Energia Divina é a crítica e o julgamento.  No momento em que emitidos esse tipo de pensamento e sentimento para algum filho de Deus, estamos, ao invés de abençoar e agradecer, enviando o pior sentimento que alguém pode conceber.   A experiência nos mostra que não há necessidade de provar nada a ninguém e muito menos tentar modificar o comportamento dos outros – isso é inútil e perverso.   Todos os seres humanos foram criados para usufruir da Energia Divina e evoluir, num processo constante de aprendizado e crescimento espiritual.   Isso só não se torna realidade, em função da crença que nos foi ensinada, de que deveria haver um poder exterior.  O Poder Divino encontra-se no interior do coração humano, é tão forte, belo e verdadeiro que, uma vez aceito e assumido, nada de humano pode suplantar.    Tudo aquilo que desejamos “possuir” é consequência do uso correto da Energia Divina, sem prejudicar nenhum ser da criação.  
                                     “EU SOU” é a atividade da Vida.  Quando dizemos Eu Sou estamos colocando em movimento toda a Força, Poder e Perfeição que se pode conceber.  “EU SOU a RESSURREIÇÃO e a VIDA” é uma das maiores afirmações que o nosso Mestre Jesus ensinou.  A expressão “EU SOU” significa Deus em ação aqui e agora.
                                       Deus nos abençoe!
 

Praticando Luz

Praticando Luz

Por Luiz Carlos Silveira Dias Júnior

Todos nós estamos em processo evolutivo e, de acordo com o nosso nível de consciência, os testes serão mais complexos ou mais simples. De acordo com a visão transmitida pela Fraternidade Branca, a grande maioria da humanidade é composta por homens comuns que produzem, através de seus pensamentos e sentimentos, energias densas que acabam criando suas realidades pessoais. Esta energia coletiva é chamada de consciência das massas e influencia toda forma de vida sobre a Terra. Para conseguirmos sair dessa influência densa, precisamos estar muito atentos aos nossos pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes, elevando-os e exercitando vibrações de luz, amor, compreensão, paz, tolerância, entre outras energias positivas. Caso contrário, nos mantemos na frequência inferior. Os acontecimentos do mundo e do país servem como exercícios e testes para que nos aperfeiçoemos nessa busca e nessa conquista. E nos tempos atuais, em que o processo de manifestação da luz e trevas vem se revelando com muito mais evidência, nossa atenção precisa estar redobrada. O processo de limpeza planetária já iniciou e muitas almas já estão migrando para outros planos de evolução bem distantes da Terra. A oportunidade de escolha e definição a quem queremos servir, pois não podemos servir a dois senhores, está em plena atividade e tudo o que vem acontecendo no planeta oportuniza isso. Quando o Mestre Jesus se referia aos dois senhores, Ele queria dizer que não podemos servir a Deus e ao ego ao mesmo tempo. A porção divina em cada um de nós é puro amor, luz, misericórdia, inclusividade e compreensão, por isso emana essa vibração de maneira indiscriminada e aspira para si e para todos a mesma pureza e perfeição. O ego ou personalidade é egocêntrico, egoísta e busca para si ou para os seus, interesses pessoais e não é capaz de exercer amor incondicional. Vive na ilusão da separatividade e se julga sempre melhor do que os outros, seja pela sua nacionalidade, cultura, raça, condição social, intelectual, econômica e outras. Os tempos obscuros em que vivemos nos põe à prova em relação a todas essas questões e serve como grande oportunidade de evolução, amadurecimento, mudanças, tomada de consciência ou também pode nos fazer despencar do alto da nossa pretensa evolução de consciência. Cada vez que nos alinhamos com o ódio, a revolta, a raiva, a agressividade, a competitividade e outras energias alimentadas pelo ego, caímos um pouco mais. Enxergar isso, erguer-nos e não repetir o erro é fundamental para a caminhada em busca da evolução. Caso contrário, corremos o risco de jogar fora a grande oportunidade de crescimento que nos foi e continua nos sendo oferecida. Vamos nos lembrar sempre de que a verdadeira postura de evolução espiritual é a aplicação prática de todos os valores positivos que são conhecidos por todos nós, através dos mais diversos caminhos espirituais. Teoria não serve para nada, a não ser para enaltecer o próprio ego; a diferença está na vivência e expansão das virtudes divinas, pois é disso que o mundo precisa. Vamos ficar atentos às armadilhas que estão à nossa espreita e avaliar melhor cada um dos estímulos ao nosso redor, procurando ter atitudes mais equilibradas entre a razão e o sentimento. Pensar um pouco na forma como aquilo nos afeta e que reação seria esperada de nós pelo nosso Eu Divino ou pelos Seres de Luz, buscando uma coerência maior entre aquilo que queremos ser e o que realmente somos. Os verdadeiros sinais de evolução espiritual no homem são representados por energias que semeiam paz, amor, luz, harmonia e compreensão, além de uma atitude de serviço e de isenção de méritos e isenção de enaltecimento pessoal. Qualquer coisa diferente disso não tem nada de divino, é apenas um ego mascarado tentando passar a imagem de evoluído. Mais luz, tolerância e amor, inclusive com quem vem semeando o contrário é a nossa grande lição. Vamos praticar! Paz, amor e luz na Terra e nos corações!

Sobre o Preconceito

Aquele que não experimentou o sagrado tremor da solenidade não pode compreender o dano do preconceito. Este se desenvolve não em grandes feitos, mas em cada ação diminuta. Assim, o escravo do preconceito desperta já amaldiçoando um sonho que não se adapta ás limitações de seu ser. O dia inteiro ele condenará e amaldiçoará, porque não terá as medidas do coração. E ele adormecerá condenando e visitará a esfera correspondente á condenação.
A Hierarquia

Extraído do blog “Vontade Espiritual”